Claudine Auger, a Domino de 007 Contra a Chantagem Atômica, morre aos 78 anos

0

Morreu em Paris a atriz francesa Claudine Auger, que deu vida a Domino em 007 Contra a Chantagem Atômica, protagonizado por Sean Connery. Segundo a Variety, a causa da morte não foi divulgada.

Claudine havia representado a França no Miss Mundo em 58 e teve a chance de interpretar Domino após surpreender Albert “Cubby” Broccoli em seu teste para o papel. Com isso, a personagem, que seria italiana, passou a ser francesa em virtude de Claudine.

Claudine com Sean Connery nos intervalos das gravações

A atriz sempre foi grata pelo papel, a primeira Bond Girl a ter uma papel mais ativo no filme. Em uma entrevista, ela afirmou que atuou no filme como se tivesse atuando em um longa dos irmãos Moliére. Claudine fez as cenas de ação de 007 Contra a Chantagem Atômica, inclusive os mergulhos sub-aquáticos.

Claudine (Domino) e Adolfo Celi (Emilio Largo) em cena do filme

Claudine Auger continuou sua carreira de sucesso em produções como Operação San Genaro (1966), Jogo do Massacre (1967), Mansão da Morte (1971), entre outros. Também fez as séries Fregoli (1981), Qui c’est ce garçon? (1987) e La piovra 5 (1990).

Sobre o Autor

Bruno Porciuncula

Jornalista e crítico de cinema. É fã de James Bond desde que assistiu "007 Contra o Foguete da Morte" (claro que alguns anos depois de lançado hehehe). Tem tatuado "Live and Let Die" em homenagem ao filme que considera o melhor - pau a pau com "Goldfinger"

Translate »