Em entrevista, Cary Fukunaga fala sobre o andamento de “Bond 25”

0

Faltando quatro meses para o início das filmagens, o diretor de Bond 25, Cary Joji Fukunaga, falou sobre o filme em uma entrevista para o Philippine Daily Inquirer. Entre os temas abordados, destacou que o roteiro do longa ainda está sendo finalizado e que pretende continuar o arco narrativo da Era Craig.

Foto: Ian Gavan © Getty ImagesQuestionado sobre a possibilidade de retorno dos personagens de Christoph Waltz e Ben Whishaw, o diretor não confirmou nem negou a informação: “Quem está dizendo isso? Ainda nem terminamos o roteiro, então não tem como alguém saber. Eles são dois atores extraordinários, e se tiver espaço para eles na história certamente vou querer eles lá, mas ainda não sei o que vai ser.”

Diretor da premiada primeira temporada de True Detective e de Maniac da Netflix, Fukunaga lembra do seu primeiro contato com a franquia: “O primeiro filme de Bond que eu assisti foi ‘007 – Na Mira Dos Assassinos’ com Roger Moore. O final se passava na baía de São Francisco, que é de onde eu vim. Ver a minha casa na tela grande foi realmente emocionante, e fez a minha vida parecer maior do que realmente era”.

E destacou a importância da música-tema do filme que marcou a despedida de Roger Moore do papel de 007.

“Eu tenho um irmão que é 7 anos mais velho que eu, então toda a música favorita dele, se tornava a minha música favorita. Para mim, a música-tema do Duran Duran foi provavelmente uma das melhores músicas do Bond, porque eu amo o Duran Duran”, revelou.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc.

Falando sobre a pressão de assumir o lugar deixado por Danny Boyle e a experiência de trabalhar com Daniel Craig, o cineasta de 41 anos comentou: “Não posso me permitir sentir isso se eu vou fazer algum projeto. Agora que eu tenho o trabalho, apenas mantenho minha cabeça baixa e tento descobrir como fazer isso da melhor maneira possível”, disse. “Daniel é um ator incrível. Fora de Bond, sou fã do trabalho dele há anos, e para mim, ele foi a melhor parte de ‘Estrada Para A Perdição’”.

O cineasta de 41 anos, cujos créditos ainda incluem Beasts of No Nation, Sin Nombre e Jane Eyre, confirmou que a trama da próxima aventura de 007 deve seguir a narrativa da Era Craig: “Em seu primeiro filme como Bond, ele trouxe uma incrível quantidade de vulnerabilidade e humanidade para o personagem, e foi um grande salto dos filmes com Pierce Brosnan. O personagem de Bond está em um arco que teve início em ‘007 – Cassino Royale’ e eu continuarei com isso, mas vão haver mudanças, tenho certeza. Como em qualquer história, um personagem precisa mudar para ter uma narrativa”.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc.

Sobre as sequencias de ação do filme, Fukunaga revela que as cenas ainda estão sendo planejadas.

“Alguma coisa, mas nem tudo ainda. Estou tentando resolver as questões narrativas primeiro, para ter uma boa história para contar”.

E garante que vai manter a tradição da franquia, em apresentar locações exóticas e os elementos clássicos de um filme de 007:

“Sim, terá todas as coisas do universo de Bond que você espera, Mas eu não posso dizer muito”.

Com roteiro escrito por Neal Purvis e Robert Wade, Bond 25 será o quinto e possivelmente último filme da franquia com Daniel Craig, e tem estreia mundial marcada para o dia 14 de fevereiro de 2020.

Sobre o Autor

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 20 anos, desde o lançamento do game "GoldenEye 007" para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.

Translate »