Direto de Londres #12

2

Assim como o site, Júlia Cipolatto também está de volta!!! Direto De Londres, a nossa correspondente nos mostra um pouco mais da exposição Bond In Motion, que foi inaugurada na semana passada na Inglaterra.

Como já foi anunciado pelo Marketto, que haveria uma mostra dos carros que foram utilizados nas gravações de vários filmes de 007 em Londres, e aproveitando uma matéria que saiu em um das revistas mais famosas daqui, resolvi fazer um resumo do que está sendo mostrado lá e também contar algumas “curiosidades” sobre os carros.

A mostra Bond In Motion está ocorrendo no National Motor Museum, e infelizmente o museu não fica exatamente em Londres. Ele é situado na região de Beaulieu em Hampshire. Que fica há 91.6 milhas do centro de Londres, ou seja, uma viagem de 1h 44min de carro ou da para ir de trem e depois pegar um taxi da estação até o local. Pois é, não é tão fácil chegar lá não. O site do museu é esse: nationalmotormuseum.org.uk, e tem até um banner no lado esquerdo promovendo a exposição.

A última revista ShortList distribuída em Londres hoje contém uma matéria sobre a mostra dos carros e algumas “curiosidades” sobre alguns deles, aí vão elas:

Dirigido por Sean Connery em 007 Contra Goldfinger, este Aston Martin DB5 foi o carro mais caro vendido em leilão. Ele custou para o comprador o valor de nada menos do que £2.6m (aproximadamente 7 milhões e 800 mil reais). A compra ocorreu em 2010.

Este Bentley Mark IV construído exclusivamente para o filme Moscou Contra 007 e foi uma invenção do próprio Ian Fleming no livro From Russia With Love.

Este Toyota 2000GTs apareceu no filme Com 007 Só Se Vive Duas Vezes, e foi o único da série construído sem o “teto” pois Sean Connery era muito alto para caber no carro original.

Este Citroën 2CV foi inicialmente incapaz de superar os Peugeots. Só depois de ter sido equipado com um motor de quatro cilindros 1.015cc é que ele foi capaz de completar a perseguição no filme 007 – Somente Para Seus Olhos.

Apropriadamente, o produtor dos filmes de James Bond, Albert “Cubby” Broccoli tinha uma coleção impressionante de automóveis clássicos. Em 1985, ele emprestou seu Roll-Royce 1962 Silver Cloud II ao 007 Roger Moore para o filme 007 – Na Mira Dos Assassinos. Sua generosidade tinha seus limites, pois se você olhar de perto verá que o Silver Cloud, que termina o filme em um lago, não é o de “Cubby”.

O BMW Z8 dirigido por Pierce Bronsnan em 007 – O Mundo Não É O Bastante com certeza é um carro para ser adimirado. Por outro lado, talvez você não saiba que na verdade, ele não se trata exatamente de um BMW Z8. Os responsáveis pelo carro não conseguiram entregá-lo a tempo para as gravações, então os produtores resolveram colocar no lugar um Dax Cobra V8 com os painéis e o “corpo” do Z8.

O “invisível” Jaguar XKR de 007 – Um Novo Dia Para Morrer é um dos carros mais extravagantes. Sua coloração original verde foi misturada com ouro, a um custo de cerca de £2,000 (6 mil reais) por litro.

Indiscutivelmente o veículo dos filmes de James Bond mais famoso, o Aston Martin DBS conquistou o Recorde Mundial do Guinness por capotar mais vezes do que no programa “Top Gear” em 2006. A cena, que aparece em 007 – Cassino Royale mostra o carro virando sete vezes, uma a mais do que Clarkson conseguiu.

A exposição Bond In Motion ficará disponível para fãs e entusiastas até Dezembro deste ano, como parte das comemorações dos 50 Anos de James Bond. Bom, é isso aí pessoal. Até a próxima! █

Sobre o Autor

Avatar

Correspondente do site James Bond Brasil diretamente de Londres.

Translate »