Seria “Bond 23” um futuro concorrente do Oscar?

3

De acordo com uma publicação neste final de semana no jornal britânico Express, o diretor Sam Mendes estaria fazendo mudanças de última hora no roteiro de Bond 23 para dramatizá-lo um pouco mais ao invés de deixar o filme recheado de cenas de ação, tendo assim maiores chances de uma indicação ao Oscar.

Uma fonte não-identificada revelou ao jornal que parte da equipe de Bond 23 estaria direcionando os rumos do filme para uma possível indicação ao maior prêmio do cinema mundial. Com isso, as informações que já sabemos sobre o filme poderiam vir a se confirmar nos recentes rumores.

“As sequências de ação na Índia foram todas cortadas, embora as cenas em Istambul e no Castelo Duntrune em Argyll, na Escócia, ainda permaneçam”

Segundo o MI6-HQ, o orçamento de Bond 23 seria algo em torno de US$ 135 milhões, quase US$ 100 milhões a menos que a Sony e a MGM investiram em 007 – Quantum Of Solace. Ainda de acordo com o jornal “Isso poderá ser um desastre em termos de bilheteria, considerando que o filme tenha que arrecadar pelo menos £ 300 milhões, talvez esse seja um preço muito alto a ser pago por uma indicação ao Oscar.”

No ano 2000, o diretor Sam Mendes recebeu o Oscar como “Melhor Diretor” pelo filme “Beleza Americana”. Seria Bond 23 um filme mais centrado no passado de James Bond e com tons mais dramáticos, apenas para concorrer a um Oscar? █

Sobre o Autor

Avatar

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 22 anos, desde o lançamento do game "GoldenEye 007" para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.

Translate »