Michael Jackson queria interpretar 007 na década de 80

0

Quem está reclamando dos eternos boatos de Idris Elba como James Bond, não sabe que a situação poderia ter sido pior, muito pior. Nos anos 80, Michael Jackson pediu aos produtores de Hollywood que o deixassem interpretar 007.

A revelação está no livro “Who Is Michael Ovitz”, escrito por Michael Ovitz, um famoso agente da capital do cinema. Ele afirmou que, ao lado do parceiro de negócios Ron Meyer, teve que conter o riso quando Michael Jackson falou que queria ser 007, mas não aguentaram pois logo depois o rei do pop se lambuzou em um prato de guacamole servido no próprio chapéu do astro, na casa dele. “Ficamos 15 minutos explicando que não estávamos rindo dele”. Michael Jackson acreditou. “Ok, ok, mas eu quero interpretar James Bond”.

Ovitz disse que se encarregou de dizer que ele não era adequado para o papel. “Ele era magro, muito sensível e não era crível ele parecer uma pessoa bruta nas telas”, afirmou Ovitz. O cantor então se convenceu e desistiu de tentar pegar o papel que, na época, era de Timothy Dalton.

Michael Jackson faleceu no dia 25 de junho de 2009, devido à uma overdose do anestésico Propofol.

Sobre o Autor

Bruno Porciuncula

Jornalista e crítico de cinema. É fã de James Bond desde que assistiu "007 Contra o Foguete da Morte" (claro que alguns anos depois de lançado hehehe). Tem tatuado "Live and Let Die" em homenagem ao filme que considera o melhor - pau a pau com "Goldfinger"

Translate »