Daniel Craig é o James Bond menos atraente, segundo estudo

0

O ator Daniel Craig é, cientificamente, o James Bond menos atraente entre todos os atores que já interpretaram o agente secreto. Segundo o Golden Ratio of Beauty Phi, que mensura a perfeição facial, a forma do nariz, os lábios finos e o rosto largo o deixam em desvantagem, com 84.2% no score do programa.

Sean Connery foi eleito o mais atraente, segundo o programa. A técnica mostrou que os olhos, as sobrancelhas, o nariz, os lábios, o queixo, e a forma facial do ator de 87 anos – que foram medidos quando ele filmou 007 Contra Goldfinger, em 1964 – aproximou-se da ideia de perfeição dos antigos gregos, chegando a 89.2%.

Roger Moore, o segundo Bond, ficou com 88.8% e Timothy Dalton, 86.5%. Pierce Brosnan e George Lazenby quase empataram, com 85.3% e 85.2% respectivamente. Uma pontuação perfeita seria 100%, mas é fisicamente impossível alcançar esse nível de perfeição.

Os testes foram comandados pelo cirurgão Julian de Silva, diretor do Centro de Cirurgia Plástica Avançada de Londres. “Craig tem uma aparência robusta. Enquanto isso, Connery sempre foi considerado o Bond mais bonito, e é ótimo que isso seja provado pela ciência”, afirmou Silva em entrevista ao Daily Mail.

De acordo com a pesquisa, a celebridade masculina mais bonita do mundo é George Clooney, cujo rosto atingiu a marca de 91,86%. O The Golden Ratio (ou relação dourada) era uma equação matemática inventada pelos gregos na tentativa de medir a beleza.

Sobre o Autor

Bruno Porciuncula

Jornalista, crítico de cinema e criador do blog de viagens A Volta ao Mundo em 80 Filmes (www.avoltaaomundoem80filmes.com.br). É fã de James Bond desde que assistiu "007 Contra o Foguete da Morte" (claro que alguns anos depois de lançado hehehe). Tem tatuado "Live and Let Die" em homenagem ao filme que considera o melhor - pau a pau com "Goldfinger"