Bond In Motion recebe seis veículos usados em 007 – Sem Tempo Para Morrer

0

Foi anunciado hoje que seis dos veículos usados em 007 – Sem Tempo Para Morrer estão em exibição na exposição Bond In Motion, em Londres.

São eles:

  • O Aston Martin DB5 com marcas de tiro, usado por James Bond
  • O Aston Martin V8
  • O jipe Land Rover Series III visto na Jamaica
  • A Land Rover Defender 110 de Ash
  • A moto Triumph Scrambler 1200 XE de Primo, vista em Matera
  • A scooter Royal Alloy GT125 de Nomi, vista na Jamaica

Em um comunicado divulgado hoje, Chris Corbould, Lee Morrison e Mark Higgins falaram sobre como foi trabalhar na vigésima-quinta aventura de James Bond.

007 – Sem Tempo Para Morrer © 2019 Danjaq, LLC and Metro-Goldwyn-Mayer Studios Inc. Todos os Direitos Reservados.

Chris Corbould é o Coordenador de Efeitos Visuais e Supervisor dos Veículos de Ação de 007 – Sem Tempo Para Morrer, sendo este o 15º filme da franquia em que ele trabalha, e o 9º como Supervisor de Efeitos Visuais. Corbould começou sua carreira nos filmes de Bond em 1977 como técnico de efeitos especiais de 007 – O Espião Que Me Amava.

Sobre o trabalho no novo filme, Corbould contou que “a equipe de veículos de ação consistia em aproximadamente 20 técnicos trabalhando em conjunto com vários engenheiros da Aston Martin e da Jaguar Land Rover. As negociações começaram em outubro de 2018 com muitas conversas para discutir em detalhes os requisitos do filme. A Aston Martin construiu oito DB5 sob medida, juntamente com um extenso pacote de peças de reposição para a sequência de ação em alta-velocidade em Matera. Eles também forneceram três Aston Martin V8 usados ​​em 007 – Marcado Para A Morte e dois dos mais recentes DBS Superleggera.”

Corbould, que em 2011 recebeu um Oscar por “A Origem”, de Christopher Nolan, revelou também que ao mesmo tempo estavam sendo feitas negociações com a Jaguar Land Rover, para produzir o primeiro lote de oito New Land Rover Defenders. Segundo ele: “uma missão envolta em segredo, já que nessa época ninguém fazia ideia do design”.

“As cenas de ação estão cada vez maiores e mais ambiciosas”, comentou Lee Morrison, Coordenador de Dublês do filme. Ele disse que todos os veículos usados na produção tiveram um desempenho brilhante. “Sabíamos que queríamos mostrar algo off-road, e o novo não decepcionou. Colocamos os veículos nas condições mais extremas em uma sequência de perseguição, e eles eram imparáveis.”

Sobre as motocicletas usadas no longa, Morrison disse: “As três Triumph Scrambler e a Tiger 900 que usamos, foram especialmente modificados para lidar com a intensidade das sequências de ação na Noruega e na Itália, parte das quais podem ser vistas no primeiro trailer. Estou realmente orgulhoso das cenas que criamos e estou animado para ver a reação do público quando o filme for lançado”.

“Eu dirigi os DB5 em 007 – Sem Tempo Para Morrer. Oito réplicas do carro foram projetadas e fabricadas para o filme, e todas elas tiveram que desempenhar papeis em diferentes configurações. Foi fantástico e recompensador dirigir, pois é um carro muito especial”, afirmou Mark Higgins, dublê pela quarta vez na franquia. “Filmamos na Itália por sete semanas durante o verão. Matera é uma cidade incrível, mas um ambiente desafiador para a perseguição de carros nas ruas estreitas, baixa aderência e muitas pessoas ao redor”, disse.

007 – Sem Tempo Para Morrer © 2019 Danjaq, LLC and Metro-Goldwyn-Mayer Studios Inc. Todos os Direitos Reservados.

No comunicado, Chris Corbould também revelou os gadgets que veremos no Aston Martin DB5.

“Os gadgets da Q-Branch no DB5 incluem metralhadoras giratórias M134 atrás dos faróis, a tradicional cortina de fumaça, minas que caem sob o para-choque traseiro e uma placa de LED, criando uma visão moderna da versão giratória de 007 Contra Goldfinger”.

Com direção de Cary Fukunaga007 – Sem Tempo Para Morrer tem estreia nacional marcada para o dia 9 de abril de 2020.

Sobre o Autor

Avatar

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 22 anos, desde o lançamento do game "GoldenEye 007" para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.

Translate »