Sam Neill relembra teste para James Bond: “Foi um pesadelo”

0

Em entrevista ao Telegraph para lançar o filme “Doce País”, o ator neozelandês Sam Neill relembrou a audição que fez para substituir Roger Moore como James Bond. “Foi um pesadelo. A lição que eu aprendi naquele dia é nunca fazer o que você não quer só por causa de seu agente”, afirmou o ator, que não se alongou muito sobre o que ocorreu naquele dia.

Para Neill, interpretar um papel como o de James Bond poderia fazer com que ele perdesse a liberdade. “É interessante estar aqui no festival de cinema em Veneza e fazer o que quiser sozinho, ou com meu amigo. Há pessoas de cinema no corredor do meu quarto que andam com seis seguranças”, destacou.

“Para ser uma estrela de cinema nesse nível, você faz uma aliança, um acordo com algum anjo infernal, que você não pode sair. E não desejaria isso no meu pior inimigo”, completou.

Sam Neill era um dos três atores preferidos para viver James Bond após a saída de Roger Moore, em 1985. Os outros dois eram Timothy Dalton e Pierce Brosnan. Ele iria interpretar 007 em 007 – Marcado para a Morte.

Confira abaixo a audição do ator para interpretar James Bond:

Sobre o Autor

Bruno Porciuncula

Jornalista e crítico de cinema. É fã de James Bond desde que assistiu "007 Contra o Foguete da Morte" (claro que alguns anos depois de lançado hehehe). Tem tatuado "Live and Let Die" em homenagem ao filme que considera o melhor - pau a pau com "Goldfinger"