Atriz de “007 Contra A Chantagem Atômica” morre aos 75 anos

0

Foi anunciado na manhã desta terça-feira através do Facebook oficial de James Bond, a morte da atriz inglesa Molly Peters. Em 1965, ela interpretou a sensual enfermeira Patricia Fearing ao lado de Sean Connery no filme 007 Contra A Chantagem Atômica.

Molly começou a carreira como modelo e logo em seguida foi descoberta por Terence Young, diretor de três filmes de James Bond. Segundo a própria atriz, ele era um cavalheiro, encantador, experiente e sofisticado. “Acho que ele foi mais James Bond do que qualquer outra pessoa”, declarou em um dos extras do DVD.

Terence Young, Sean Connery e Molly Peters no set de "007 Contra A Chantagem Atômica" © 1965 Danjaq LLC, United Artist Corporation.

Terence Young, Sean Connery e Molly Peters no set de “007 Contra A Chantagem Atômica” © 1965 Danjaq LLC.

A atriz também alegou que sua carreira nos holofotes foi muito curta por causa de um desentendimento que teve com seu empresário na época. Molly vivia na cidade de Ispwich, ao norte de Londres.

A triste notícia veio exatamente uma semana após a morte de Sir Roger Moore aos 89 anos, anunciada pela família na terça da passada. █

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 20 anos, desde o lançamento do game “GoldenEye 007” para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é “007 – O Mundo Não É O Bastante”, o primeiro que assistiu no cinema…sete vezes.