Daniel Craig pode não retornar na sequência de “Millennium”.

0

A continuação do filme “Millennium: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres” está longe de receber o sinal verde para iniciar sua produção. Como se não bastasse a dúvida sobre o retorno ou não do diretor David Fincher, a continuação, “A Menina Que Brincava Com Fogo” está lidando com outro problema: a volta de Daniel Craig.

De acordo com o site do The Hollywood Reporter, apesar do ator ter contrato para mais dois filmes, ele está pedindo um aumento considerável no seu salário. E o pedido vai contra os planos da Sony em cortar parte do orçamento para os próximos dois filmes.

Caso as duas partes não consigam entrar em acordo, existe a possibilidade do roteiro ser reescrito sem a presença do jornalista Mikael Blomkvist, personagem de Craig, com a trama ficando concentrada apenas em Lisbeth Salander, interpretada por Rooney Mara.

Já sobre o retorno do diretor David Fincher, nenhuma novidade oficial. Recentemente, ele foi anunciado como diretor da adaptação do livro “Gone Girl”, no entanto demorará um tempo até o roteiro ficar pronto e o estúdio decidir iniciar as filmagens. Ou seja, ainda existe a possibilidade de Fincher retomar o cargo de diretor em “A Menina Que Brincava Com Fogo”.

“Millennium: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres” custou US$ 90 milhões e arrecadou cerca de US$ 233 milhões, o que não é um número considerado ruim para uma produção com censura Hard-R nos Estados Unidos.

Fonte: Cinema Em Cena. █

Sobre o Autor

Marcos Kontze é jornalista e mestre em Cinema. Em 2011, criou o site James Bond Brasil, por meio do qual participou da cobertura de eventos nacionais e internacionais na Suécia, México, Noruega e Inglaterra. Em 2015, foi o único criador e editor de um site sobre o personagem no mundo a ser convidado para o set de filmagens de 007 Contra SPECTRE, 24º filme da franquia. Em 2019, marcou presença como speaker principal em um congresso exclusivo sobre a franquia em Madri.

Translate »