Direto de Londres #10

7

A correspondente Júlia Cipolatto está de volta com mais um Direto De Londres, desta vez na Premiere Mundial de “Millenium – Os Homens Que Não Amavam As Mulheres”, novo filme estrelado por Daniel Craig e Rooney Mara, com uma surpresa e tanto para este que voz fala escreve.

Por Júlia Cipolatto

Espero com este post poder dividir com vocês um pouco do que aconteceu durante a Premiere do filme “The Girl With The Dragon Tattoo”, onde tive a oportunidade de estar ao lado (literalmente) de Daniel Craig e de parte do elenco do filme, juntamente é claro, com minha amiga e parceira para todas as minhas loucuras: Auriane Camillo. Todo esforço valeu a pena, pois esta foi a maneira de presentear o Marcos (Marketto) pelo aniversário, justamente no mesmo dia da Premiere, dia 12 de dezembro.

Pegamos o Undergroud em direção à Piccadilly e enquanto esperávamos para chegar em Picaddilly Circus eu fui escrevendo o tal ‘cartaz’ com a mensagem para o Daniel Craig ler. Claro que a gente não tinha certeza de que isso realmente poderia acontecer, mas rolava uma baita expectativa de que, ele estando lá, se a gente conseguisse mostrar o cartaz mesmo de longe, ele poderia ler. E assim começou nossa Missão Happy B-Day to Marketto, como a gente chamava no dia.

Chegando na praça Leicester Square, perto do ODEON, já dava pra ver um telão, algumas luzes e um pôster do filme. Dá pra imaginar que eu comecei a ficar nervosa ali mesmo. Fizemos a volta pelo parque, onde tinham umas grades de proteção e umas 40 ou 50 pessoas às 16h30. O início da Premiere foi anunciado para às 17h30, mas os atores só iriam chegar entre 18h00 e 19h00. Ouvi um dos organizadores falando isso para um segurança.

Neste momento a expectativa era grande. Entramos no meio do pessoal e fomos nos “infiltrando” até que a gente achou um lugar bom perto da grade. Não tinha mais erro, se ele passasse ali a gente ia conseguir pelo menos um autógrafo.

Quando chegamos, eu comecei a conversar com as pessoas que estavam do nosso lado na grade, e eles disseram que estavam lá desde às 11h da manhã. Alguns tinham muuuuitas fotos e autógrafos do Daniel Crag. Um inclusive até nos mostrou uma que foto ele havia tirado na Premiere de “Cowboys & Aliens”, também em Londres. Aproveitei e perguntei se o Craig era gente boa, e ele disse que ele era super tranquilo, tira foto e autografa tudo.

Contei pra eles que era o aniversário do meu namorado, e que eu iria pedir para ele falar “Happy Birthday” pra ele. Perguntei se eles achavam que o Daniel Craig falaria ou não, e um deles comentou que se ele visse o cartaz, ele com certeza falaria. Começamos a acreditar que aquilo era possível, e o nervosismo começou a bater forte essa hora. A primeira celebridade a aparecer no tapete vermelho foi a atriz Rooney Mara, que interpreta Lisbeth Salander no filme.

Pedimos pra tirar uma foto com, mas ela disse (em inglês, é claro): “Desculpa, mas eu não posso”. Ela estava só autografando as fotos, mas não tínhamos nenhuma foto dela para autografar, afinal, nós estávamos lá mesmo só por causa do Daniel Craig. :D Enquanto isso, tiramos foto com o roteirista do filme, Steven Zaillian. E depois foi a vez do ator Stellan Skarsgård, de filmes como “Ronin”, “Exorcista – O Início”, “Thor”, entre tantos outros. No filme, ele interpreta Martin Vanger.

Ele foi MUUUITO simpático com a gente. Tiramos uma foto com ele e ele pediu pra ver se a foto tinha ficado boa, senão a gente poderia tirar outra com ele. Mostrei a foto pra ele, e ele disse que tinha ficado “muito boa” (“Oh, very nice”). Até a assistente dele saiu rindo na foto porque achou graça quando ele pediu pra ver se a foto tinha ficado boa. HAHAHA.

Tava chovendo forte e fazia muito frio, e nada do Daniel Craig aparecer, até que ele foi anunciado!!! Todo mundo começou a gritar quando a apresentadora falou o nome dele. Logo após a entrevista ele foi falar com a imprensa que estava l, e começou a se aproximar dos fãs.

Nessas duas fotos dá para ver ele de longe, na chuva, falando com a imprensa. Quando ele olhava em nossa direção, a gente gritava e acenava pra ver se ele notava. Brasileiro sempre causando, né? E finamente, quando ele chegou perto, eu comecei a filmar…e o resultado você vê aqui, na íntegra.

Não tem muito o que falar sobre isso. Tá tudo gravado o que aconteceu. Foi difícil pegar o foco da câmera, porque nessas horas a câmera SEMPRE desfoca. Mas a missão foi cumprida e conseguimos o Happy B-Day To Marketto dito por ele. Inacreditável! E ainda por cima, conseguimos que ele autografasse a ‘plaquinha’. No vídeo não da para ver, mas ele segura a placa pra ler. A nossa sorte foi que no meio de tantos papéis pra ele assinar o nosso era o ÚNICO com algo escrito. Não era foto dele ou poster de filme, então quando ele botou o olho na nossa placa, chamou a atenção e ele foi direto ler. Ele perguntou em que direção tinha que dizer aquilo, e que comecei a gritar “aqui, aqui, aqui” e ele falou. SURREAL! Ah, e, sim, eu sou a louca gritando “Craig, I love you. I love you”. Ele olhou pra minha direção as duas vezes pra ver quem era.

Não preciso nem dizer que depois que eu desliguei a câmera, estávamos eufóricas. Mal conseguíamos falar. A gente começou a gritar e as outras pessoas não entendiam o porquê, mas nós sabíamos (pelo menos pensava que sabia) o quão legal era aquilo que a gente tinha feito. Adrenalina a mil, até que…

Isso eu não consegui filmar, porque achei que já tinha acabado tudo. Quando olhamos em nossa diagonal bem em frente, o Daniel Craig estava assinando as últimas fotos dos fãs que estavam ali na nossa frente. Quando ele acabou de assinar e tava saindo, nós chamamos ele de novo: “Craig! Craig!” e ele olhou pra nós e veio na nossa direção. “Can we take a picture with you?” a gente perguntou. “Sure you can!”, ele disse. Tirei uma, duas e três. Ele disse: “Lovely” e o homem que estava ao lado dele puxou ele pelo braço e eles form em direção a entrada do ODEON. Não tem o que falar sobre isso. FOI SURREAL! Daniel Craig ali, saindo, a gente chamou e ele veio só pra tirar uma foto com a gente! O Craig é MUUUUITO simpático!

PS: Pelo que percebi, ninguém, ninguém mesmo, pediu pra tirar foto com ele. Todo mundo estava lá só pedindo autógrafos. Dá pra notar isso na nossa foto abaixo, pois estamos só nós três e ninguém olhando pra ele ou qualquer tipo de aglomeração. Depois que ele passou e autografou tudo, o pessoal não gritou mais, nem chamou mais ele. Só a gente, bem loucas lá chamando ele e pedindo foto. Valeu muito a pena…

Próxima missão: Brosnan, Pierce Brosnan (cof, cof, cof…) █

Compartilhe.

Sobre o Autor

Correspondente do site James Bond Brasil diretamente de Londres.

  • Realmente, ainda é difícil acreditar nisso…sem palavras pra agradecer.

  • Leonardo

    Que belo presente de aniversário, muito bom mesmo.
    Parabéns de novo pra você Marketto!


  • Marcos Kontze:

    Realmente, ainda é difícil acreditar nisso…sem palavras pra agradecer.

    Marketto, caiu a ficha agora? Eu tb ouvi Happy B- Day por isso amigo

  • Ju, q maravilhoso querida. Novamente agradeço por dividir conosco esse momento único. Vou compartilhar no meu face e no tt p/ q todos testemunhem. Sério mesmo? Os olhos do Craig são mais azuis ainda? Caramba! C/ certeza são lindos como os do Dalton e do Moore, já reparou? Q missão hein Bond Girl! Missão dada é missão cumprida mesmo! Se encontrar o Pierce e o Connery dê um beijo neles por mim, prometo q não fico c/ ciúmes rsssss. Bjs p/ ti c/ carinho e gratidão eterna.

  • Jú, você errou de profissão!!! Verdade que publicidade e jornalismo caminham lado a lado. Rsrsrsrsrsr…
    Mas ficou MUITO BOOOOOOOOOOOOOOOOMMMM!!! Também vibrei com esse video, e toda essa aventura no melhor estilo 007. Inacreditável, surreal, fantástico… Esses saõ os adjetivos de uma aventura de James Bond. É por isso que NÓS fãs, sempre ficamos eufóricos quando se trata de algo como 007…
    “…SAY HAPPY BIRTHDAY TO MARKETTO…”
    Simplesmente incrível…

  • Leonardo

    Pessoal. Daniel Craig pode ter um contrato estendido na franquia de filmes de 007. Parece que os produtores querem fazer mais cinco filmes com ele e com isso ultrapassaria a marca de Roger Moore de sete filmes.