Alfaguara lança “Diamantes São Eternos” em setembro no Brasil

0

O selo Alfaguara da Editora Objetiva irá relançar em setembro no Brasil o livro “Diamantes São Eternos” de Ian Fleming, com capa no mesmo padrão dos lançamentos de agosto do ano passado.

“Você vai para o deserto. É seco feito um osso e mais quente que o inferno nesta época do ano.” Ao se infiltrar num milionário esquema de contrabando de diamantes da África para os Estados Unidos, James Bond se vê às voltas com os irmãos Spang, gângsteres implacáveis e extravagantes, que usam somente a violência para atingir seus objetivos.

Das corridas de cavalos às jogatinas em Las Vegas, em Diamantes São Eternos”, Bond aos poucos descortina as atividades do bando e percebe que se envolveu numa missão muito mais perigosa do que imaginara. Ajudado por Tiffany Case, uma insinuante contrabandista de passado obscuro, eles logo serão o alvo de uma dupla degenerada de assassinos, Wint e Kidd, nesta memorável aventura da série original de Ian Fleming.

Com tradução de Roberto Grey, “Diamantes São Eternos” estará disponível a partir do dia 1º de setembro por R$ 34,90. Confira a capa abaixo:

 

James Bond apareceu pela primeira vez ao mundo em abril de 1953, com o romance “Cassino Royale”. Após o enorme sucesso inicial, Ian Fleming publicaria outros onze romances e duas coletâneas de contos. Escritos nos meses de férias que Fleming passava em sua propriedade GoldenEye, na Jamaica, seus livros se tornaram um fenômeno, alcançando a marca de 100 milhões de exemplares vendidos no mundo, e abriram caminho para uma das mais bem-sucedidas séries do cinema.

Em agosto de 2013, a editora relançou no Brasil os livros “Da Rússia, Com Amor” (Moscou Contra 007)“Viva e Deixe Morrer” e“Goldfinger”. A Editora Objetiva também foi a responsável pelo lançamento de “Solo” no Brasil, escrito por William Boyd. 

Sobre o Autor

Avatar

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 22 anos, desde o lançamento do game "GoldenEye 007" para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.

Translate »