Anúncio oficial confirma saída de Neal Purvis e Robert Wade da franquia, e envolvimento de Sam Mendes em “Bond 24”.

0

Com 007 – Operação Skyfall batendo recordes de bilheteria da franquia, a MGM, Sony e a EON Productions já trabalham nos estágios iniciais do próximo filme da série, junto com o co-roteirista do filme John Logan. Em uma palestra no Festival de Cinema Doha Tribeca no Qatar, Neal Purvis e Robert Wade, roteiristas dos últimos cinco filmes de James Bond, confirmaram que estarão fora do proximo da série.

Ambos revelaram que a idéia era se afastarem após 007 – Quantum Of Solace, mas não escondem a felicidade de sairem da franquia em alta, após o enorme sucesso de 007 – Operação Skyfall.

“Eu sei que John Logan e Sam Mendes já criaram uma trama para o próximo filme, o que alivia a pressão, já que esses filmes nos tomam muito tempo.”, disse Robert Wade.

O que é interessante sobre a declaração de Wade é que quando questionado se aceitaria dirigir outro filme de James Bond, o diretor Sam Mendes alegou que havia usado todas suas idéias para um filme do agente secreto em 007 – Operação Skyfall. No entanto, caso o diretor realmente esteja envolvido com idéias para a trama do próximo filme, talvez ele esteja considerando retornar para um novo filme, o que deixaria não só os fãs, mas todo mundo extremamente satisfeito.

Abaixo o Press Release completo

Doha, Qatar – 19 de Novembro de 2012 – Com 007 – OPERAÇÃO SKYFALL tornando-se o filme de James Bond mais bem-sucedido entre todos os seus 23, a dupla de roteiristas britânicos Neal Purvis e Robert Wade participaram de uma palestra durante o 4º Festival de Cinema Doha Tribeca (DTFF) onde falaram sobre como é escrever para uma das franquias mais icônicas de todos os tempos.

“Quando fomos originalmente requisitados para conhecer as pessoas responsáveis por Bond, não esperávamos encontrar diretamente com Barbara Broccoli e Michael G. Wilson”, disse Neal Purvis, drescrevendo o momento em que começaram a colaborar com os produtores da franquia. “Normalmente, há muitas outras camadas de pessoas que impedem você de chegar até os cabeças, e nós certamente não esperávamos ficar por 15 anos.”

“Quando nos encontramos com a EON Productions, apenas dois dos nossos roteiros haviam sido transformados em filmes. Pareceu-nos um absurdo que eles não tinham outros roteiristas no projeto”, acrescentou Robert Wade. “Mas eles já haviam lido alguns dos nossos outros roteiros, e gostado do nosso senso de ação e personagem. Se há ação sem uma história ou uma perspectiva de personagem, então acaba ficando chato.”

A dupla se conheceu aos 22 anos de idade, e já escrevem em parceria por 28 anos. Seu primeiro roteiro foi escrito durante os Jogos Olímpicos de Los Angeles.

“A indústria cinematográfica britânica não estava em grande forma em 1984. Nós escrevemos clipes pop para ganhar um dinheiro extra”, disse Purvis. “A tragédia é que nos anos 80 nos pagavam o que roteiristas ainda recebem hoje em dia.”

Desde então, eles escreveram um total de 41 roteiros, com 10 deles sendo transformados em filmes. Wade disse: “Nos disseram para não esperar mais do que um em cada dez de seus roteiros sejam feitos. E estavam certos, pensamos que isto provavelmente seria verdade, no entanto, isso não se aplica a nós.”

“Agora estávamos em nosso 41º roteiro e com dez filmes feitos. Você não escreve dia após dia se não acredita que seus roteiros sejam feitos”, acrescentou Purvis.

Falando sobre o atraso da produção do último filme, a dupla revelou o quão importante foi este tempo adicional: “Fomos beneficiados pelo atraso, já que não tínhamos chegado na história certa. O filme não teria sido feito sem ele”, explicou Wade.

“O terceiro ato não parecia certo. Nos demos algumas semanas para chegar a um novo conceito, que finalmente tornou-se uma metáfora para a nossa jornada de trabalho nestes filmes, nossa própria Skyfall”, acrescentou Purvis.

Pressionados se pretendiam escrever mais filmes de Bond, Wade disse: “Estamos muito felizes de ter feito cinco filmes de James Bond, acho que chegamos a um bom lugar. Eu sei que John Logan e Sam Mendes já criaram uma trama para o próximo filme, o que alivia a pressão, já que esses filmes nos tomam muito tempo.”

Purvis acrescentou: “Íamos parar em 007 – Quantum Of Solace, mas é bom sair em alta com 007 – Operação Skyfall”.

Questionados sobre outros projetos fora James Bond, Wade revelou: “Fomos contratados para escrever um roteiro sobre Elton John roubar 11 dos melhores jogadores de futebol do mundo, para jogarem contra um time de robos em outro planeta”. “Esse era o nosso segundo trabalho remunerado”, brincou Purvis.

E qual é a única coisa que um roteirista de James Bond não pode fazer? “Viagem no tempo”, disse Purvis. “E matá-lo”, disse Wade, antes de acrescentar que “embora já tivéssemos tentado”.

Com informações Coming Soon. █

Sobre o Autor

Avatar

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é jornalista e fã do personagem há 22 anos, desde o lançamento do game "GoldenEye 007" para Nintendo 64 em 1997. Para Marketto (como também é conhecido), o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.

Translate »