Daniel Craig completa 49 anos

0

Hoje, Daniel Wroughton Craig, o sexto e atual intérprete de James Bond no cinema, completa 49 anos de idade. Natural de Chester na Inglaterra, o ator recentemente finalizou as gravações dos filmes “Kings” e “Logan Lucky”, e prepara-se para dar vida a Andreas Wolf na série de TV “Purity”.

Daniel Craig passou sua infância em Liverpool. Aos 16 anos mudou-se para Londres para estudar no National Youth Theatre. Em 1991, formou-se pela prestigiada Escola de Música e Representação Guildhall, e já no ano seguinte estreou na tela grande no filme “The Power Of One”, em um pequeno papel como Sargento Botha. Depois, participou do filme “Uma Viagem À Corte Do Rei Artur” e participou de dois filmes para TV, “Genghis Cohn” e “Sharpe’s Eagle”, ambos em 1993.

Em 1997, voltou ao cinema com o drama “Obsession”, e no ano seguinte participou de “Love And Rage”, drama passado na Irlanda do século XIX. Ainda em 1998, teve um pequeno papel no filme “Elizabeth”, protagonizado por Cate Blanchett e Geoffrey Rush. Fez o Sargento Winter no drama de guerra “The Trench” de 1999, e, em 2000, participou de “África Dos Meus Sonhos”. Seu primeiro papel como protagonista foi na comédia “Algumas Vozes” de 2000, onde interpretou um esquizofrênico. Também apareceu na comédia “Hotel Splendide”, ao lado de Toni Collette, e em “Lara Croft: Tomb Raider de 2001 ao lado de Angelina Jolie. Em 2002, fez o filho ciumento de Paul Newman em “Estrada Para Perdição” dirigido por Sam Mendes, com quem viria a trabalhar novamente 10 anos depois, em 007 – Operação Skyfall.

Daniel Craig na estreia de "007 Contra SPECTRE" em Berlim © WireImage

Daniel Craig na estreia de “007 Contra SPECTRE” em Berlim © WireImage

Outro destaque da carreira de Daniel Craig foi sua participação em “Recomeçar”, de 2003 e “Sylvia – Paixão Além das Palavras “, onde interpretou o poeta Ted Hughes, que viveu uma paixão com Sylvia Platt (Gwyneth Paltrow). Em 2004, voltou a ter o papel de protagonista na adaptação ao cinema do romance de Ian McEwan em “Amor Para Sempre”, no qual voltou a trabalhar com o realizador Roger Michell e contracenou com Samantha Morton. Em 2005, antes de se tornar James Bond, estrelou o longa “Nem Tudo É O Que Parece”, “Munique” de Steven Spielberg.

Foi então em 14 de outubro de 2005 que atingiu o ápice de sua carreira, quando foi oficialmente escolhido para interpretar o famoso agente secreto britânico James Bond. O primeiro filme como 007 foi a adaptação do primeiro livro escrito por Ian Fleming, o criador do personagem, em 007 – Cassino Royale dirigido por Martin Campbell. Quando foi anunciado para o papel, uma comoção mundial tomou conta de grande parte dos fãs de Bond que se armaram de paus e pedras contra a escolha de Daniel Craig para o papel, alegando que o ator não tinha o perfil para ser James Bond.

Na época em que o reboot da série foi anunciado com 007 – Cassino Royale, que iria mostrar um novo começo para as aventuras de 007, desde como Bond ganhou sua licença para matar, o cenário para os fãs pareceu ficar ainda pior. Antes mesmo de quaisquer cenas do filme serem mostradas, deu-se início a uma campanha de boicote contra a produção. No entanto, como a história nos mostrou, o filme foi um enorme sucesso rendendo para o ator e para a franquia, milhões de dólares de bilheteria desde então.

Dirigido por Martin Campbell, que já tinha comandado de forma um tanto burocrática 007 Contra GoldenEye, 007 – Cassino Royale mostra Bond tentando desmantelar a organização comandada por Le Chiffre (Mads Mikkelsen, de “Rei Arthur”), que financia atentados terroristas ao redor do mundo para lucrar com isso. Quando Bond impede um atentado idealizado pelo vilão, ele se vê obrigado a tentar levantar a soma que perdeu num exclusivo jogo de pôquer no luxuoso Cassino Royale em Montenegro, uma pequena república situada no sudeste da Europa.

Como Bond é o melhor jogador de cartas do MI6, “M” o escolhe para a missão, na qual terá a ajuda da bela e encantadora Vesper Lynd (Eva Green, de “Os Sonhadores“) e Mathis (Giancarlo Giannini, de “Hannibal”), um contato do serviço secreto com muitos recursos à disposição. Com várias reviravoltas, momentos de suspense, cenas de ação de tirar o fôlego, o filme se desenrola de maneira surpreendente e espetacular até seu violento confronto final.

Daniel Craig e Rachel Weisz © GettyImages

Daniel Craig e Rachel Weisz © GettyImages

Craig já estrelou quatro filmes na pele de James Bond: 007 – Cassino Royale007 – Quantum Of Solace007 – Operação Skyfall e o mais recente 007 Contra SPECTRE, sendo o terceiro ator que mais interpretou o personagem, ficando atrás apenas de Sean Connery e Roger Moore.

Apesar dos rumores de sua suposta saída da franquia após polêmicas declarações divulgadas na imprensa em 2015, nada foi confirmado até o momento. Em outubro do ano passado, em entrevista durante o The New Yorker Festival, Daniel Craig declarou: “Eu amo esse trabalho, e me divirto muito fazendo. Se eu seguir me divertindo com isso, eu vou continuar.”

Na vida pessoal, Daniel Craig foi casado com a atriz britânica Fiona Loudon de 1992 a 1994, com teve sua única filha, Ella Craig, nascida em 1992. Em 2010, rompeu um relacionamento de seis anos com a produtora Satsuki Mitchell, e em junho de 2011, casou-se com a também atriz Rachel Weisz. █

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é fã do personagem há quase 20 anos, quando o game "GoldenEye 007" foi lançado para Nintendo 64. Jornalista e Web Designer, para Marketto (como também é conhecido) o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.