Novo modelo da Lotus é inspirado no icônico carro-anfíbio de James Bond

0

Em 1977, o mundo viu James Bond no volante de um Lotus Esprit S1 em alta-velocidade pelas ruas estreitas da Sardenha. Perseguido por um helicóptero pilotado pela belíssima Caroline Munro, Bond escapa saltando com o carro na água, transformando-o num submarino, em uma das cenas mais emblemáticas de toda série. Agora, 40 anos depois, celebrando o aniversário de 007 – O Espião Que Me Amava, a Lotus decidiu homenagear James Bond e o famoso carro.

007 - O Espião Que Me Amava © 1977 Danjaq LLC, United Artist Corporation. Todos os Direitos Reservados.

007 – O Espião Que Me Amava © 1977 Danjaq LLC, United Artist Corporation. Todos os Direitos Reservados.

A montadora britânica de carros esportivos desenvolveu um único exemplar do Evora Sport 410 com detalhes que remetem ao carro visto no filme. A edição especial do Evora é equipada com motor 3.5 de seis cilindros, alcança 410 cavalos de potência e consegue chegar de 0 a 100 km/h em apenas 3,9 segundos.

Comparativo entre o Lotus Esprit S1 e o Evora Sport 410 © Divulgação

Comparativo entre o Lotus Esprit S1 e o Evora Sport 410 © Divulgação

O design externo sofreu leves modificações para relembrar o estilo mais clássico do Lotus Esprit. Na parte interna, tons de vermelho aparecem no tecido dos bancos e nas costuras do painel, câmbio e acessórios.

“É a homenagem perfeita a um modelo tão emblemático da Lotus, embora bastante diferente em termos de capacidades e desempenho”, afirmou o CEO da Lotus, Jean-Marc Gales.

Além desta versão exclusiva, a Lotus só vai produzir 150 unidades do Evora Sport 410 por ano.

Lotus Evora Sport 410 © Divulgação

Lotus Evora Sport 410 © Divulgação

E se você está se perguntando o que pode ter acontecido com o carro original usado no filme, saiba que em 2013 o veículo foi comprado pelo multi-milionário Elon Musk, fundador da Tesla. Na época, o empresário pagou cerca de R$ 2.3 milhões de reais pelo carro. █

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é fã do personagem há quase 20 anos, quando o game "GoldenEye 007" foi lançado para Nintendo 64. Jornalista e Web Designer, para Marketto (como também é conhecido) o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.