Daniel Craig fala sobre carreira, Star Wars e 007: “Eu tenho o melhor trabalho do mundo fazendo Bond”

0

Um ano após o lançamento de 007 Contra SPECTRE e da polêmica entrevista onde disse que preferia cortar os pulsos ao invés de fazer outro filme de Bond, Daniel Craig foi um dos convidados do The New Yorker Festival na noite de sexta-feira (07), e como esperado, falou sobre sua carreira, política, projetos futuros, Star Wars, e é claro, James Bond.

Nicholas Schmidle e Daniel Craig © Foto Ilya Savenok / Getty Images

Nicholas Schmidle e Daniel Craig © Foto Ilya Savenok / Getty Images

Ainda com os cabelos descoloridos para o filme “Logan Lucky”, nos 90 minutos de bate-papo conduzido pelo jornalista Nicholas Schmidle, Craig estava à vontade e pôs fim a meses de especulações sobre sua relação com 007. Apesar de não esclarecer nada sobre sua permanência (ou não) na pele do agente secreto, suas declarações repercutiram de maneira positiva entre os fãs que esperam que o ator volte para mais um filme da série.

Primeira entrevista do ator desde o lançamento de 007 Contra SPECTRE

Entre outros assuntos abordados durante a entrevista, o ator falou sobre alguns destaques de sua carreira, e encolheu-se ao assistir clipes de filmes como “O Poder De Um Jovem” e “Nem Tudo É O Que Parece”. Ao assistir um trecho em que contracena com Monica Bellucci em 007 Contra SPECTRE, o ator disparou: “Essa foi a vez que mais fez sentido eu dizer a frase Bond, James Bond”.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc. Todos os Direitos Reservados.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc. All Rights Reserved.

Outro ponto alto foram as perguntas que respondeu da plateia, desde a misoginia e a glorificação da violência dos filmes de James Bond, até o clima político atual nos EUA:

“Precisamos de pessoas mais inteligentes na política, e talvez não pessoas de negócios. Você não pode administrar um país como um negócio. Precisamos cuidar das pessoas, por isso estou com ela”, referindo-se à Hillary Clinton.

Em uma das perguntas, feitas por Joe Darlington do site Being James Bond, Craig foi questionado se teria levado alguma coisa dos filmes de 007. Bem-humorado, respondeu: “Tem uma garagem, em algum lugar…com um Aston Martin”.

Daniel Craig no The New York Festival © Foto Ilya Savenok / Getty Images

Daniel Craig no The New York Festival © Foto Ilya Savenok / Getty Images

Inevitavelmente, o assunto que todos queriam saber é se Daniel Craig vai ou não continuar no papel de James Bond. Inicialmente, ele comentou sobre a polêmica declaração dada no ano passado após o término das gravações de 007 Contra SPECTRE, quando disse que preferia quebrar um vidro e cortar os próprios pulsos do que fazer outro filme de Bond. O ator brincou e se defendeu dizendo: “Se você está há alguns metros do fim de uma maratona e alguém pergunta se você quer correr de novo, você diria: ‘é claro que não, vá a merda’ e foi o que eu fiz … estar longe de casa é a pior coisa pra mim”, lamentou.

Daniel Craig também contou que sabia que a pergunta sobre seu futuro como James Bond e sobre Bond 25 acabariam vindo à tona. E brincou, dizendo que sua agente estava recebendo telefonemas o dia todo perguntando se ele faria algum tipo de anúncio naquela noite.

“É claro que não, pois não há nenhuma conversa acontecendo no momento. Na realidade, todo mundo está um pouco cansado. Barbara (Broccoli) está fazendo outro filme, e eu estou fazendo ‘Othello’ que Barbara está produzindo.”, esclareceu o ator.

Craig também foi categórico ao desmentir os boatos de que teria recusado uma oferta milionária da Sony Pictures, para um contrato em que estrelaria mais dois filmes de 007. E em outro momento da entrevista, revelou sua satisfação em fazer parte da franquia de filmes mais longa da história do cinema.

“As coisas que tenho a chance de fazer em um filme de Bond, e o tipo de trabalho que faço, não existe nenhum outro igual. Se por acaso eu parasse, eu ia sentir uma falta tremenda disso. É uma das coisas mais emocionantes que um ator pode fazer … eu amo esse trabalho, e me divirto muito fazendo. E se eu seguir me divertindo com isso, eu vou continuar”, disse. E acrescentou: “Eu tenho o melhor trabalho do mundo fazendo Bond.”

Mas a conversa não foi só sobre James Bond. Quando questionado pelo jornalista, do motivo pelo qual decidiu interpretar um Stormtrooper em “Star Wars – O Despertar Da Força” neste ponto da carreira, Craig foi direto ao ponto: “Que pergunta estúpida. É Star Wars, pelo amor de Deus”.

Confira abaixo o vídeo gravado por David Zaritsky do site The Bond Experience.

Com essas declarações dadas pelo próprio ator, pode-se assumir que a produção de Bond 25 está dando passos curtos no momento. Acredita-se que um dos principais motivos para que a produção do filme ainda não tenha começado pra valer, é devido as negociações com um novo estúdio de distribuição, uma vez que o contrato com a Sony Pictures acabou em 2015 com o lançamento de 007 Contra SPECTRE. Grandes estúdios como Warner Bros, FOX e Paramount, estariam interessados em assumir essa parceria com a MGM/EON para a distribuição dos filmes, mas nenhum acordo foi fechado por enquanto.

Mesmo indeciso, Craig parece não ter pressa nenhuma em definir seu futuro como James Bond. A julgar pelas declarações dadas por ele no The New Yorker Festival, pode-se dizer que de fato ele não está completamente pronto para abandonar o papel que o consagrou mundialmente. Uma vez que Sam Mendes afirmou que não irá dirigir o próximo filme, podemos assumir que enquanto não houver um novo diretor a bordo do projeto e um roteiro pronto, Daniel Craig estaria esperando para dar o sinal verde.

007 Contra SPECTRE © 2015 Danjaq LLC, United Artists Corporation, Columbia Pictures Industries Inc. All Rights Reserved.

Em outra pergunta da plateia, desta vez de Wilfred Picorelli representando o site James Bond Radio, Craig foi questionado sobre o que representava o final de 007 Contra SPECTRE. Aquilo é o fim? E o ator respondeu: “Naquele momento sim, é o que ele pensa. Mas sempre diz que ‘vai continuar’ no final, não é mesmo?”, referindo-se a clássica frase James Bond Will Return no final dos filmes de 007. E é o que temos certeza. Com ou sem Daniel Carig, James Bond vai voltar.

Com informações BirthMoviesDeath e ArtsCommented

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criador e editor do site James Bond Brasil, Marcos Kontze é fã do personagem há quase 20 anos, quando o game "GoldenEye 007" foi lançado para Nintendo 64. Jornalista e Web Designer, para Marketto (como também é conhecido) o melhor filme da série é "007 - O Mundo Não É O Bastante", o primeiro que assistiu no cinema...sete vezes.